Diretrizes do programa de compradores do Google DoubleClick Ad Exchange (AdX)

Última atualização em 30 de abril de 2015.

Esse produto é regido pelos termos estabelecidos em seu contrato de serviço do Google DoubleClick AdX.

O serviço do Google DoubleClick AdX é usado para acessar várias origens de inventário de publicidade gráfica on-line. No serviço do AdX, os editores e as redes de editores são considerados "Vendedores", as redes de anúncios e outras entidades qualificadas, conforme descrito abaixo, são consideradas "Compradores", e instâncias exclusivas de um navegador da Web ou aplicativo para dispositivos móveis são consideradas "Usuários".

Os Compradores que participam de qualquer transação no AdX, incluindo, sem limitação, programáticas diretas, transações preferenciais, leilão privado ou leilão aberto precisam estar em conformidade e garantir que todos os terceiros para os quais eles concedem acesso ao serviço do AdX por meio da sua respectiva conta também estejam em conformidade com estas políticas: (i) as políticas do programa de plataformas e (ii) as políticas específicas do programa de compradores do AdX mencionadas abaixo nesta página. Todas as informações adicionais sobre as políticas do programa de plataformas nestas diretrizes do programa de compradores do AdX são somente para fins de esclarecimento e não limitam a aplicação das políticas do programa de plataformas para Compradores.

Compradores qualificados no Ad Exchange

Todas as transações de compra no Ad Exchange precisam ser feitas em nome de vários anunciantes com o Comprador assumindo o risco principal na transação. Os Compradores não têm permissão para usar o Ad Exchange (i) apenas para comprar em nome de um único anunciante ou, (ii) se eles usam uma conta do Google AdWords para qualquer finalidade que não seja a (a) publicidade de pesquisa ou (b), se for na Rede de Display, anunciar os próprios produtos ou serviços.

Política de não subdistribuição

Os Compradores podem comprar inventário apenas para uso direto por um anunciante (ou agente direto de um anunciante) com o qual eles tenham uma relação direta. É proibido revender, distribuir ou subdistribuir inventários para outro canal de vendas indiretas (por exemplo, outra rede de anúncios ou agência negociadora). Redirecionamentos para fornecedores de rich media e servidores de anúncios de terceiros usados por um anunciante (ou um agente direto de um anunciante) são permitidos de acordo com esta política.

Política de proponente em tempo real

O proponente em tempo real é um recurso do Ad Exchange com o qual os Compradores podem receber chamadas de impressão quase em tempo real e que fornece um lance de resposta com base nos dados e nas informações do próprio Comprador. O Google poderá, de acordo com seus próprios critérios, modificar o escopo, a duração, a frequência e o acesso a essas informações a qualquer momento sem responsabilidade perante o Comprador.

A Google reserva-se o direito de realizar auditorias da utilização do recurso do proponente em tempo real pelo Comprador e investigar todas as atividades relacionadas para garantir a conformidade do Comprador com essas políticas e com os Termos do Comprador do Ad Exchange. As auditorias serão custeadas pela Google e realizadas não mais de uma vez a cada 12 meses, durante o horário comercial normal e sem interferir desnecessariamente nas operações comerciais normais do Comprador. Se o Comprador não permitir uma auditoria, ele não poderá continuar a usar o recurso do proponente em tempo real.

Restrições de dados

Divulgação dos dados de lances. Os Vendedores poderão restringir seu inventário de publicidade para os Compradores que concordarem em divulgar os dados de lances do histórico deles para tais Vendedores. Os Compradores que não concordarem com tal divulgação (i) serão excluídos, pela duração do cancelamento, dos relatórios de dados de lances para esses Vendedores e (ii) autorizam o Google a revelar sua identidade para tais Vendedores.

Restrições ao uso dos dados pelo Comprador. Os Compradores podem usar dados recebidos do serviço do AdX unicamente para fazer compras no Ad Exchange e onde for permitido e armazenar tais dados de maneira segura (por exemplo, criptografados). O anonimato do cookie ou do identificador de publicidade para dispositivos móveis precisa ser respeitado, e os Compradores são proibidos de identificar o usuário de outra forma.

Restrição de dados de chamada de RTB. O Comprador pode armazenar o ID do cookie criptografado e o identificador de publicidade para dispositivos móveis com o objetivo de avaliar impressões e lances com base em dados de usuários obtidos anteriormente pelo Comprador. Todos os demais dados de chamadas, exceto dados de localização, podem ser mantidos pelo Comprador depois que ele responde a uma chamada de anúncio com a única finalidade de prever a disponibilidade de inventários no Ad Exchange. O Comprador tem permissão para manter dados de chamadas somente pelo tempo necessário ao cumprimento das finalidades relevantes mencionadas acima.

A menos que o Comprador vença determinada impressão, ele não poderá: (i) usar dados de chamadas para essa impressão com a finalidade de criar listas ou perfis de usuários; (ii) associar dados de chamadas dessa impressão a dados de terceiros ou (iii) compartilhar com terceiros dados de tabelas de preços de maneira alguma, incluindo, sem limitação, de maneira agregada.

Restrição de dados de localização. Se o Comprador receber informações por meio do Ad Exchange que identifiquem ou possam ser usadas para inferir a localização geográfica precisa de um usuário final, como GPS, Wi-Fi ou dados de torres de celular ("Dados de localização"), ele poderá usar tais informações exclusivamente com a finalidade de definir lances para a impressão aplicável e manter tais informações exclusivamente pelo tempo necessário ao cumprimento desse propósito.

Correspondência de cookie

O Comprador pode associar identificadores recebidos do serviço de correspondência de cookie (“Dados de correspondência”) a dados que já são de propriedade dele. Se algum usuário desativar um cookie ou um identificador de publicidade para dispositivos móveis, o Comprador poderá desassociar imediatamente todos os dados relacionados vinculados aos dados de correspondência.

O Comprador precisa implementar a correspondência de cookie de acordo com as especificações de correspondência de cookie de lances em tempo real do DoubleClick Ad Exchange.

Restrições aos dados de correspondência. O Comprador não tem permissão para usar a correspondência de dados para (i) coleta de dados, incluindo, sem limitação, o aumento de listas de dados, incluindo, sem limitação, a permissão de correlação de várias sessões em redefinições de identificadores ou (ii) o contorno de redefinições de identificadores de usuários.

Requisitos para transmitir tags de anúncio e redirecionamentos. O Comprador só tem permissão para redirecionar uma tag de correspondência de anúncio para quartos quando a correspondência de anúncio é iniciada pelo Comprador. Todas essas correspondências de anúncio redirecionadas só podem ser usadas com o intuito de associar dois cookies anônimos para a finalidade subsequente de ativação de relatórios e segmentação de anúncios para determinada impressão.

Publicidade com base em interesse

Além das políticas de publicidade com base em interesses nas políticas do programa de plataformas, os Compradores também precisam estar em conformidade com as políticas a seguir:

Política de privacidade. A política de privacidade do Comprador precisa incluir as informações sobre a Google, qualquer cookie de publicidade da DoubleClick ou identificadores de publicidade associados a um Usuário ("Cookie do usuário") e uma descrição adequada do uso feito pelo usuário do remarketing na publicidade on-line. A descrição de remarketing deve ser incluída nas políticas de privacidade de todos os sites que incluem a tag de remarketing ou que coletam informações para remarketing.

Avisos em anúncios. Para esclarecer, o Comprador é responsável por garantir que todos os seus anúncios comportamentais on-line (ou seja, anúncios que usam ou coletam dados para fins de publicidade comportamental on-line, incluindo, sem limitação, quando o Comprador segmentar inventário de publicidade usando uma lista de remarketing com Cookies do usuário ("Lista de usuários") fornecida por um Vendedor ou obtida de outra forma pelo Comprador) contenham avisos de acordo com as diretrizes do setor de publicidade e com os princípios autorregulatórios e/ou qualquer lei, regra ou regulamento aplicável. O Google reserva-se o direito de inserir tais avisos nos anúncios caso um Comprador não o tenha feito, e o Comprador não poderá modificar ou ocultar esse aviso.

Criação de lista de usuários. O Comprador pode usar o acompanhamento de pixels nos anúncios com a finalidade de criar uma lista de remarketing. Ao usar essa funcionalidade, o Comprador precisa informar "O anúncio coleta dados para uso posterior em segmentação ou remarketing" na interface do usuário ou na chamada de anúncio. O Comprador não pode criar uma lista com usuários de um único site (por acompanhamento de pixels ou outros meios) sem o devido consentimento por escrito do Vendedor.

Coleta de dados. Se o Comprador coleta dados de qualquer site (incluindo, sem limitação, os URLs) por meio da peça criativa e antes de o usuário interagir com a peça criativa, o Comprador precisa inserir a declaração a seguir na interface do usuário: "O anúncio coleta dados para uso posterior em segmentação ou remarketing".

Política de cookies de publicidade. O uso que o Comprador faz do Cookie do usuário por meio de uma Lista de usuários está sujeito à política de cookies de publicidade do Google.

Transparência da lista de usuários. O Comprador autoriza o Google, caso o Google queira fazer isso, a mostrar para qualquer Usuário que faça parte das Listas de usuários do Comprador (i) que o Usuário está em pelo menos uma das Listas de usuários do Comprador e (ii) o nome de exibição ou domínio do Comprador.

Conflitos. Se houver algum conflito entre estas políticas de publicidade com base em interesses e a política de veiculação de anúncios de terceiros, o Comprador precisará manter a conformidade com a versão da disposição em conflito nestas políticas de publicidade com base em interesses.

Ajustes de compra com base em tag (beta)

Para a aquisição com base em tag, os Compradores fornecerão informações de campanha e detalhes relevantes (incluindo gasto máximo) por escrito para o Ad Exchange. O Comprador concede permissão ao Google para fazer as modificações a seguir em tais detalhes específicos das campanhas de acordo com a solicitação do Comprador (o seguinte, "Ajustes aprovados"): (i) alterar a quantidade de impressões compradas (o que pode impactar o custo de mídia total); (ii) alterar a frequência dos canais de anúncio; (iii) alterar os critérios de segmentação para campanhas de publicidade existentes; (iv) alterações de taxa; (v) pausar/retomar ou alterar as datas de início ou de término das campanhas de publicidade, dos grupos ou dos canais existentes e (vi) duplicar grupos de anúncios (incluindo anúncios, canais, destinos e públicos-alvo).

Uso de dados

O Google usa um cookie ou um identificador de publicidade para dispositivos móveis com o objetivo de veicular anúncios em sites que participam do Ad Exchange, conforme descrito nas Perguntas frequentes sobre privacidade da publicidade do Google. O Google pode usar e divulgar quaisquer dados provenientes do uso de um Comprador do Ad Exchange, de acordo com os termos da política de privacidade do Google, os Termos do Comprador do Google DoubleClick AdX e todas as leis aplicáveis.

Políticas de leilão aberto

Além das políticas acima, os Compradores que participam do leilão aberto também precisam estar em conformidade com todas as políticas abaixo.

Anonimato do editor no leilão aberto. É obrigatório que os Compradores respeitem o anonimato dos Vendedores que disponibilizaram o inventário somente por ID anônimo ou pelo domínio raiz ou um URL alternativo. Os Compradores só podem transmitir tais inventários a um provedor de serviços de verificação de terceiros se (a) o provedor de serviços de verificação de terceiros puder reconhecer um valor de desativação e (b) o Comprador associar um valor de desativação a tal inventário.

Restrições de conteúdo para o leilão aberto. Os Compradores não têm permissão para veicular anúncios nas peças criativas do Ad Exchange que fizerem o seguinte por si mesmas ou por meio das suas páginas de destino: (i) promoção de comportamento desonesto ou atividades de hackers, produtos e/ou serviços perigosos ou com conteúdo ofensivo, mesmo que não seja proibido por lei; (ii) conteúdo adulto, de bebidas alcoólicas, jogos de azar, saúde ou político, exceto onde for expressamente permitido pelo Google; (iii) publicidade de qualquer sistema que (seja por si mesmo ou como um pacote em conjunto com outros sistemas) cause a sobreposição de espaços de anúncio em determinado site sem a permissão expressa do proprietário do site, incluindo, sem limitação, barras de ferramentas.

URLs de clique no leilão aberto. É obrigatório que os Compradores informem corretamente seus URLs de página de destino e os acompanhem com a macro de clique apropriada do Google. Se um Comprador associa um anúncio dinâmico a várias páginas de destino personalizadas, é suficiente para ele informar os URLs dos sites raiz.